Segunda-feira, 7 de Novembro de 2005

Arranjos Florais Japoneses ( Ikebana ) na Sede da União Budista Portuguesa

No Japão, os arranjos florais têm o nome de Ikebana. É uma arte contemplativa muito antiga que surgiu nos mosteiros budistas e que era amplamente praticada pelos guerreiros samurais como forma de meditação e suavização. Agora terá a oportunidade de praticar essa arte em Lisboa:



10 e 19 de Novembro respectivamente às 15h00 e às 10h30m
Na Sede da União Budista Portuguesa
por Profª Monika Wittmer


Sogetsu School
1 – Inscrição
Estão abertas inscrições para cursos de IKEBANA:
Quinta-feira – 15h00 às 17h00 – semanal
Sábado – 10h30 às 12h30 – quinzenal

2 – Constituição dos Grupos
Mínimo – 3 pessoas
Máximo – 5 pessoas

3 - Estrutura inicial do curso
Módulo 1 - 10 sessões
Módulo 2 - 10 sessões

No final do curso será emitido certificado pela SOGETSU SCHOOL – JAPÃO a pedido dos interessados

4 - Preço: 10 sessões - €230,00 (inclui flores)
5 - Forma de pagamento: Acto de inscrição

O que é Ikebana ?
Ikebana é a arte japonesa de arranjos florais.
É uma forma de arte disciplinada, em que o arranjo constitui um factor vivo, no qual a natureza e o ser humano se conjugam. A filosofia subjacente é o desenvolvimento de uma aproximação à natureza. Tal como em todas as artes a Ikebana é uma forma de expressão criativa e criadora sujeita a regras. Os materiais utilizados são naturais, vivos: ramos, folhas, ervas e flores. O seu cerne é a beleza que resulta da combinação das cores, das formas naturais, das linhas elegantes e o significado latente no conjunto total do arranjo.
Ikebana é muito mais profundo do que uma mera decoração floral. A admiração pela arte e arquitectura japonesa cada vez mais acentuada nos países do Ocidente, tornou-se extensiva ao culto japonês pelas flores.
A Ikebana é uma arte, no mesmo sentido em que a pintura e a escultura e no Japão os arranjos florais ombreiam com qualquer outra expressão artística.

A história da Ikebana
A Ikebana pratica-se no Japão há mais de 600 anos. Formou-se e cresceu a partir dos rituais budistas.
Os primeiros mestres, bem como os seus alunos eram sacerdotes e membros da nobreza. Com o correr dos tempos surgiram escolas diversas, mudaram os estilos e a Ikebana evoluiu e é hoje praticada por todos. Actualmente estão registadas mais de duas mil escolas de Ikebana em todo o mundo.

Sogetsu School
A Sogetsu School foi fundada em Maio 1926 por Sofu Teshigahara. Acredita-se que qualquer pessoa, em qualquer lugar, com qualquer coisa, pode praticar Ikebana. A Ikebana deverá ser encarada como parte de uma filosofia de vida espalhada pelo mundo inteiro.Cada um de nós é um ser único e diferente. Por isso a Sogetsu School encoraja os seus alunos a serem individuais e imaginativos. As técnicas base são ensinadas por professores credenciados, seguindo um programa determinado.

A quem se dirige um curso de Ikebana ?
A Ikebana é uma arte para homens e mulheres tal como a pintura, a escultura ou a música. Sentido estético, sensibilidade, criatividade e algum tempo disponível são os ingredientes base para estudar esta arte. Contudo, e tal como em todas as artes, é indispensável dominar algumas técnicas fundamentais e dar livre curso à sua inspiração.
Quando se pratica a Ikebana experimenta-se uma profunda paz de espírito. Aprendemos a apreciar o momento que se vive e a admirar elementos da natureza quase despercebidos. Aprendemos a cimentar a tolerancia com as diferenças dos outros. Aprendemos a apreciar o belo.

Profª Monika Wittmer
Sogetsu School
Membro da Direcção de Ikebana International – Sector Portugal
Foi aluna de Johanna Crince Le Roy, fundadora do Sector Portugal de Ikebana Internacional. Pratica esta arte desde 1992 e obteve o certificado de professora em 1995 emitido pela Sogetsu School, Tóquio, Japão. Exerce esta actividade regularmente e tem participado em várias demonstrações, workshops e exposições.
União Budista Portuguesa – Lisboa
(Calçada da Ajuda, 246, 1º dtº, telef. 213634363(das 15h-21h); sede@uniaobudista.pt)
Pontos de referência para o endereço da Sede da UBP (onde se realiza a actividade): Museu dos Coches, Jardim Botânico, Calçada da Ajuda, Junta da Freguesia da Ajuda, Palácio da Ajuda e G.N.R (Cavalaria).
Transportes: autocarros da carris temos o 14, o 73, 29 e o 32. Eléctrico temos o 18. (Pedir para sair perto do Jardim Botânico da Ajuda)
www.uniaobudista.pt
publicado por edito às 12:04
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Campanha por carrinha par...

. CELEBRAÇÃO DE LHA BAB DÜC...

. A Perfeição da Sabedoria:...

. Retiro de Outubro de medi...

. Sua Santidade Sakya Tridz...

. Retiro de Meditação Shama...

. Global Resounding 2017 Po...

. Ensinamentos com Tulku Pe...

. Venha aprender a meditar ...

. Venerável Mahinda em Port...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Novembro 2017

. Setembro 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Fevereiro 2017

. Novembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Novembro 2014

. Março 2014

. Maio 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds